Curiosidades sobre J.D Salinger e o apanhador no campo de centeio

Curiosidades sobre J.D Salinger e o apanhador no campo de centeio

J. D. Salinger, ou simplesmente Jerome David Salinger, nasceu em nova York em 1 de Janeiro de 1 919 e morreu em 27 de Janeiro de 2 010, aos 91 anos.

O escritor participou como soldado da invasão da Normandia no chamado Dia D – que marcou o início do fim da Segunda Guerra Mundial.

Salinger escreveu diversos livros, mas a obra que o tornou famoso de fato foi O Apanhador no Campo de Centeio, escrita em 1 951.

O Apanhador No Campo de Centeio retrata a vida do adolescente Holden Caufield, e trata basicamente da relação de um adolescente com o mundo. Apesar de ter sido lançado na década de 50, O Apanhador continua vendendo cerca de 200 mil cópias por ano.

Um dos maiores fãs de O Apanhador é Mark Chapman, o homem que matou John Lennon. Segunda algumas testemunhas, Chapman teria lido um trecho de O Apanhador em seu julgamento.

Conta-se que o atirador que tentou matar o ex-presidente Ronald Reagan também teria se inspirado no best-seller de Salinger.

O Apanhador é citado em diversos filmes, entre os quais O Iluminado e Noivo Neurótico, Noiva Nervosa. Em Teoria da Conspiração, Mel Gibson interpreta um personagem obcecado pelo livro.

Em 1 953, Salinger abandona Nova York e passar a viver isolado numa cidade de 11 mil habitantes chamada Cornish, em New Hampshire.

O último trabalho de J. D. Salinger foi publicado em 1 965, na revista The New Yorker. Sua última entrevista foi em 1 974, 36 anos antes de sua morte.

Nos anos 1 990, a vida do recluso Salinger foi totalmente exposta por uma ex-namorada, Joyce Maynard, no livro Abandonada no Campo de Centeio. Joyce conta que os dois tiveram um romance nos anos 70, quando ela contava 18 anos e ele era quase sessentão.

Por mais que tentasse viver em isolamento, sempre surgiam novos detalhes da vida de Salinger. Em 2 000 foi sua filha, Margareth Salinger, que lançou um livro sobre ele, intitulado Dream Catcher – A Memoir.

Em 2 009, um sujeito chamado Fredrik Colting é proibido pela justiça de publicar o que seria uma continuação de O Apanhador no Campo de Centeio.

O Apanhador No Campo de Centeio foi escolhido como um dos 100 melhores livros de língua inglesa do século XX.

As bandas de rock Green Day e Guns N´Roses gravaram músicas totalmente inspiradas em O Apanhador No Campo de Centeio.

O Apanhador No Campo de Centeio foi lançado em Portugal como Uma Agulha no Palheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *