Conheça 16 curiosidades sobre a Moldávia

Conheça 16 curiosidades sobre a Moldávia

A Moldávia é um país do leste europeu conhecido também como Moldova. Ele faz fronteira com a Romênia e a Ucrânia.

Com 3,6 milhões de pessoas, a Moldávia possui três vezes menos habitantes que a cidade de São Paulo.

A maior parte da população é de etnia romena, mas existe um grande contingente de ucranianos, russos, búlgaros e outros povos vivendo no país.

A religião predominante é o cristianismo ortodoxo, seguido por 93% da população.

A capital e maior cidade do país é Chisinau, também chamada de Quichinau.

A Moldávia foi juntamente com Rússia, Ucrânia, Belarus e Cazaquistão uma das repúblicas que formaram a União Soviética.

O país é formado por 33 distritos, duas municipalidades e duas regiões autônomas: Gaugázia e Transnístria.

Embora tenha declarado a sua independência em 1 990, a região da Transnístria, no leste da Moldávia, não é reconhecida por nenhum país do mundo. Sua principal cidade é Tiraspol.

Apesar de integrar a Comunidade de Estados Independentes (formada por ex-repúblicas soviéticas), a Moldávia tem a clara intenção de aderir à União Europeia.

As maiores cidades do país são Chisinau, Tiraspol e Balti.

O país que perde mais habitantes no mundo – ou seja, possui crescimento populacional negativo – é a Moldávia. São 106 pessoas a menos por dia.

Além de ser um dos países menos desenvolvidos da Europa, a Moldávia é também um dos mais pobres.

As principais atividades econômicas do país são a pecuária e a agricultura. A Moldávia é conhecida pelo cultivo da uva e seus vinhos exportados para vários países.

A moeda local é o leu moldávio.

Uma das manias mais comuns em cidades como Chisinau é o karaokê. Os moldávios adoram esse tipo de passatempo.

A Moldávia é ao lado de Belarus e Lituânia, um dos países onde mais se consome álcool no mundo.

 

Fontes: Wikipédia, Brasil Escola, Qual Viagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *