40 Fatos, peculiaridades e curiosidades sobre a China

Curiosidades China

A China é o país mais populoso do mundo, com 1,36 bilhão de habitantes. De cada 7 pessoas no mundo, uma nasceu em território chinês.

A China é o terceiro maior país do mundo em área total, atrás somente da Rússia e do Canadá.

O país é dividido em 22 províncias, 5 regiões autônomas, 4 municípios e 2 regiões administrativas especiais.

As 22 províncias chinesas são: Anhui, Fujian, Gansu, Guandong, Guizou, Hainan, Hebei, Heilonjiang, Henan, Hubei, Hunan, Jiangsu, Jilin, Liaoning, Qinghai, Shaanxi, Shanxi, Shandong, Sichuan, Yunan e Zhejiang.

As 5 regiões autônomas são Xinjiang, Ningxia, Guangxi, Mongólia Interior e Tibete.

Os 4 municípios com status parecidos com o de estados são: Pequim, Xangai, Tianjin e Chongqing.

As 2 regiões administrativas especiais – como se fossem países independentes, mas ligados à China são Hong Kong e Macau.

A província mais populosas do país é Henan, com 100 milhões de habitantes. É como se metade da população brasileira vivesse numa área com tamanho comparado ao do estado do Ceará.

As cidades mais populosas da China são, pela ordem: Xangai, Pequim, Chongqing, Guangzhou (também conhecida como Cantão) e Shenzen.

A Região Administrativa Especial de Macau possui a maior concentração de cassinos do mundo. Não é sem motivos que é chamada de “a Las Vegas do Oriente”. Enquanto Las Vegas recebe 3, 3 milhões de turistas por ano, Macau recebe 3,1 milhões.

Hong Kong é, ao lado de Singapura e Xangai, uma das regiões metropolitanas asiáticas que mais recebem imigrantes. Além do grande fluxo de chineses oriundos do continente, Hong Kong tem recebido filipinos, indonésios, vietnamitas, tailandeses e, em menor fluxo, coreanos, japoneses, norte-americanos e europeus.

Uma curiosidade: a maior parte dos imigrantes filipinos são mulheres. Existem mais de 100 000 filipinas trabalhando como empregadas domésticas em Hong Kong. Outra cidade asiática para onde afluem mulheres das Filipinas é Singapura.

A população de Hong Kong fala um dialeto mandarim chamado cantonês. Conhecido como Guangdong, a região é uma das mais prósperas da China. As principais cidades de lá são Guangzhou/Cantão e Shenzen.

A China possui o mais rigoroso controle de natalidade de todo o planeta. Cada casal só pode ter um filho. Como os casais dão preferência para filhos homens, o número de bebês do sexo masculino é maior do que os do feminino. Para cada 100 meninas, nascem 119 meninos.

Estimativas revelam que no ano de 2 020 pelo menos 30 milhões de homens chineses permanecerão solteiros.

Segundo a tradição do interior do país, homens que morrem solteiros “têm a linhagem comprometida na próxima vida”. Para evitar isto, os familiares tentam arrumar o chamado minghun, ou casamento após a morte, enterrando uma noiva-fantasma ao lado do solteirão.

Outra medida de controle de natalidade é em relação ao número de animais de estimação, cada família pode possuir somente animais que não ultrapassem 35 centímetros de altura, inclusive cães.

Existem cerca de 50 etnias na China. A maior parte da população pertence a etnia han. Outras etnias importantes são os tibetanos, os coreanos, os mongóis e os uigures.

Todo mundo sabe que a China é o país mais populoso do mundo. O que poucos sabem é que o número de sobrenomes “han” é muito pequeno. Enquanto no Japão existem mais de 200 mil sobrenomes, na China eles são pouco mais de cem. Os sobrenomes mais comuns são Wang, Li e Zhang, que são usados por 22,4% da população, ou seja, 291 milhões de pessoas.

A China é um dos países com maior porcentagem de não-teístas do mundo. O próprio Partido Comunista é ateu. Grande parte dos chineses, no entanto, segue três religiões: o confucionismo, o taoísmo e o budismo. O confucionismo é seguido na esfera pública, o taoismo na pessoal o budismo, na espiritual.

Enquanto os tibetanos são budistas, os uigures são muçulmanos. Os uigures tem parentescos com etnias do Quirguistão, Cazaquistão e Usbequistão. Eles habitam a província oriental de Xinjiang e usam o alfabeto árabe.

O território chinês abrange 4 fusos horários, mas o governo não quer nem saber, e todo o país adota o horário de Pequim. O que faz o sol nascer às 4 da manhã no leste do país, e no oeste, às 9 da manhã.

A cada feriado do Ano-novo Chinês, mais de 300 milhões de pessoas viajam pelo país para visitar os parentes, formando o maior movimento migratório do planeta. Como não conseguem ir ao banheiro nos trens superlotados, muitos viajantes usam fraldas para adultos.

Há um restaurante em Pequim cuja especialidade é pênis. Isso mesmo, lá se tem pratos com o membro de 9 animais : Touro, jumento, cão, cobra, cervo, carneiro, búfalo, foca e cavalo, e como o povo acredita que o prato é afrodisíaco, não faltam clientes.

O banquete do ano-novo chinês entre os mais ricos inclui iguarias como ovos podres cozidos e sopa de ninho de andorinha. Nas províncias do sul, come-se de tudo no decorrer do ano: gafanhotos, escorpiões, ratos selvagens, gatos, cachorros, estrelas-do-mar, cobras e até casulos de bicho-da-seda.

Acredite se quiser, mas o branco é considerado uma cor fúnebre entre os chineses. Contraditoriamente, ele tem sido cada vez mais usado pelas noivas durante o casamento – copiando o estilo ocidental.

Os chineses detestam o número 4, tanto que muitos prédios não possuem os andares 4, 14 e 24. Celulares com muitos 4 ou terminados em 4 são mais baratos. O motivo: o ideograma do 4 e parecido com o da morte.

A abertura dos Jogos Olímpicos de verão em Pequim ocorreu no dia 8 do mês 8 de 2 008 porque o ideograma chinês do 8 lembra prosperidade.

Chineses cuspem em qualquer lugar, e se você der mole, pode levar uma cusparada na rua. A medicina tradicional chinesa acredita que seja danoso engolir a saliva. E fuma-se até em aviões na China.

A China ultrapassou em anos recentes os Estados Unidos como o maior produtor mundial de automóveis, com 23 milhões de unidades. Só para se ter uma ideia do que isso significa, os norte-americanos fabricam 11,8 milhões de carros por ano e o Brasil, 3,1 milhões.

O número de internautas na China já superou os Estados Unidos em 220 milhões de usuários. O total do número de celulares saltou de 87 milhões em 2 000 para 432 milhões em 2 010.

Acredite se quiser, mas operários da província de Hunan realizaram no início de 2 015 uma proeza impensável: construir um edifício de 57 andares em apenas 19 dias.

A cidade mais poluída do mundo é Linfen, na província chinesa de Shanxi. Causado pela mineração de carvão, o ar poluído afeta a saúde de todos os seus 3 milhões de habitantes. A quantidade de poeira é tamanha que as pessoas engasgam só de respirar.

A mais longa ponte do mundo segundo o Guiness Book é a Danyang-Kunshan Grand Bridge, que liga as cidades chinesas de Xangai e Nanjing (conhecida no Ocidente como Nanquim).

Sites como Facebook, WhatsApp, Twitter, YouTube e FourSquare são totalmente bloqueados pelo governo local. O equivalente chinês do Twitter é o Sina Weibo e o equivalente ao WhatsApp é o WeChat.

A China possui uma das economias que mais crescem no mundo, com índices anuais de 7%. O país conseguiu recentemente ultrapassar o Japão e se tornar a segunda maior economia do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

A moeda do país é o Yuan, também chamado de iuane.

A maior empresa de comércio eletrônico do mundo é a chinesa Alibaba, com valor de mercado de cerca de 150 bilhões de dólares. Só para se ter uma pequena noção do seu tamanho, o Alibaba possui em torno de 230 milhões de clientes ativos, mais do que toda a população brasileira.

Empresas chinesas mais conhecidas no Brasil: Chery (montadora de automóveis), JAC (montadora), Lifan (montadora), BYD (montadora), Great Wall (mobntadora), Shineray (montadora), Lenovo (informática), Xiaomi (aparelhos eletrônicos), Huawei (eletrônicos), Midea (condicionadores de ar), Alibaba (comércio eletrônico), Sany (máquinas agrícolas e de construção) e XCMG (máquinas agrícolas e de construção).

Apesar de terem origem em Taiwan, as empresas de produtos eletrônicos Foxconn, Asus e Acer tem forte atuação no mercado chinês. Uma das principais fábricas da Foxconn é chinesa.

A estrela maior na bandeira da China simboliza o Partido Comunista e as quatro menores, simboliza o povo chinês. A cor vermelha é associada à revolução de 1 949 e ao comunismo.

Fontes: Wikipédia, Brasil Escola, Planeta Sustentável, Super Interessante, Papo de Homem, BBC Brasil, UOL,R7.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *