30 Coisas que chamam a atenção dos brasileiros na Europa

curiosidades-europa

Na Holanda, é comum os casais saírem para lugares diferentes, os homens com os amigos, e as mulheres com as amigas. As chamadas “ladies nights”, quando restaurantes, cinemas e saunas abrem só para as mulheres são muito populares.

Bicicletas, bicicletas e mais bicicletas. As ciclovias fazem parte da paisagem europeia, mas nem tanto quanto na Holanda (imagem acima). Os holandeses usam a bicicleta para fazer compras, ir para o trabalho, visitar amigos e, claro, para o lazer.

Vitrines com mulheres. Uma das coisas que mais chamam a atenção dos brasileiros em Amsterdã, na Holanda, são as vitrines com moças em trajes sumários. Localizadas no Red Light District, essas casas são totalmente destinadas à prostituição.

A Bélgica é de certa forma dividida entre duas regiões: Valônia e Flandres. Confundir ou fazer comparações entre valões e flamengos são gafes imperdoáveis. Isso ocorrer porque os habitantes desse país se consideram valões ou flamengos antes de belgas.

O sujeito com o maior guarda-roupa da Bélgica é uma estátua de um garoto fazendo xixi. Situada em Bruxelas, a Manneken Pis, como é chamada, já foi vestida mais de 850 pelos belgas. A tradição começou em 1698.

Belgas adoram batata frita. Barracas de batatas fritas – chamadas por lá de fritkoten – são comuns em cidades como Bruxelas. Existe até um museu dedicado a esse tipo de alimento no país.

Uma das coisas que mais chamam a atenção dos franceses e outros europeus quando estão no Brasil é o nosso hábito de escovar os dentes após o almoço. Isso ocorre porque eles escovam os dentes no máximo duas vezes por dia, ao acordar e/ou ir deitar.

Você sabia que existe na Irlanda um feriado chamado Bloomsday, comemorado em 16 de junho? O Bloomsday foi criado com a intenção de homenagear o livro Ulisses, do escritor James Joyce. É o único feriado no mundo dedicado a um livro.

Dublin, capital da Irlanda, é a cidade dos pubs. Eles estão em todos os lugares. O problema é que possuem horário fixo para fechar. Não tem essa de que ficam abertos até o último cliente.

Assim como em países como Austrália, Japão e Índia, o trânsito no Reino Unido flui na direção contrária ao nosso e o volante fica do lado direito dos automóveis.

Os banheiros de países como Bélgica, Irlanda e Reino Unido, entre outros, não possuem lixeira. Os europeus de modo geral descartam o papel higiênico na privada e depois dão descarga.

Ingleses, galeses e outros povos europeus adoram jardinagem. Com a chegada da primavera as lojas/pontos de venda de plantas, sementes e utensílios para jardinagem chegam a ficar lotados.

Os alemães das grandes cidades mantém um hábito bastante curioso: arrendar lotes de terra para jardinagem e cultivo de hortaliças. Todos eles possuem uma casinha que mais parece um barraco de favela, mas são usadas para guardar os objetos de jardinagem, promover encontros familiares ou mesmo chamar os amigos para tomar uma cerveja. Esse hábito é também comum na Suíça e Áustria.

Que tal saborear um sorvete de macarrão? Essa delícia é bastante apreciada em partes da Alemanha. Trata-se de um sorvete de creme passado num espremedor de batata com calda de morango.

Os islandeses têm o hábito de deixar os carrinhos de bebê do lado de fora de restaurantes e cafés. A impressão dos turistas desavisados é de que os bebês foram abandonados.

Os suíços possuem um armarinho para guardas os sapatos na entrada de casa. É que eles não costumam usar sapatos (e sandálias também) dentro de casa. Mesmo as visitas são obrigadas a tirar o sapato quando chegam na casa de um anfitrião suíço.

As ruas de Zurique, na Suíça, são extremamente limpas. Você nunca verá um pedestre jogando lixo no chão. Aliás, as lixeiras possuem saquinhos para as pessoas recolherem as fezes dos cães. Os suíços são educados e formais, dirigindo em velocidade ideais, atravessando as ruas nas faixas de pedestres e sempre dando prioridade para quem está a pé.

A bandeira da Suíça não tem formato retangular. A Suíça é o único país do mundo que possui uma bandeira nacional quadrada.

Chamada de Cruz Escandinava, a cruz na bandeira da Noruega está também presente nas bandeiras da Suécia, Dinamarca, Finlândia e Islândia.

O famoso bacalhau do Porto é, na verdade, pescado na Noruega. Existe nesse país uma cidade cuja economia gira quase que exclusivamente da pesca desse tipo de peixe: Aalesund.

A igualdade de gênero na Noruega é impressionante. Mulheres e homens possuem salários equiparados. As mulheres casadas podem sair com as amigas e deixar as crianças com os pais. Além de bons companheiros, os maridos noruegueses lavam, passam, cozinham, trocam fraldas…

Os russos cospem bastante (eles têm o hábito supersticioso de cuspir três vezes por cima do ombro), mas não veem o espirro com bons olhos.

Ir num bar/restaurante e jogar guardanapos no chão é uma tradição que orgulha os espanhóis. Mas antes que você comece a chamar o pessoal de porco, saiba que para ele é sinal de que a casa é muito boa (as pessoas comeram muito e usaram muitos guardanapos).

Os espanhóis comem churros no café da manhã. Eles, por sinal, adoram churros com chocolate quente. Detalhe: os churros de lá são até um pouco salgadinhos. Detalhe número dois: se algum atendente de café/bar perguntar “churro ou porra?”, não fique ofendido, ele está apenas perguntando se você quer o churro normal ou o mais gordinho.

Com a aproximação do Natal, as crianças de várias partes da Espanha escrevem cartinhas para… os três reis magos! Elas ganham os presentes de Natal no Dia de Reis, que ocorre em 6 de janeiro. E caso não tenham se comportado durante o ano anterior, recebem apenas um pedaço de carvão.

Praias de nudismo ou topless. Comuns no litoral dos países banhados pelo Mediterrâneo, as praias de nudismo atraem milhares de simpatizantes. O topless é também bastante praticado no litoral de países como a Espanha. É possível encontrar mulheres de duas gerações da mesma família com os seios à mostra. E todo o mundo respeita.

Não adianta procurar na Itália pizza de calabresa, frango com catupiry, portuguesa etc. Elas simplesmente não existem por lá. A pizza típica italiana é a margherita, a parmiggiana, a capricciosa e um ou outro tipo. Detalhe: as pizzas são bem fininhas.

Dias longos no verão e curtos no inverno. Além de muitos frios durante o inverno, os países europeus possuem dias extra-super curtos. Na Itália, por exemplo, começa a anoitecer por volta de 4h da tarde.

Quando estiver na Itália, não chame os italianos de italianos. O pessoal de Veneza gostam de ser chamados de venezianos; os romanos, de romanos; os napolitanos, de napolitanos…

A Itália é o país da Ferrari, da Lamborghini, da Prada, da Dolce & Gabanna, mas… Os italianos odeiam ostentação. Eles podem até se vestir bem, mas raramente com exagero. Falar sobre suas posses, conquistas e feitos é até grosseiro para eles.

 

Fontes: Wikipédia, Mundo Estranho, Canais do YouTube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *