12 Pequenas curiosidades sobre Henri Matisse

12 Pequenas curiosidades sobre Henri Matisse

O pintor francês Henri Matisse nasceu como Henri-Émile-Benoit Matisse na localidade de Le Cateu-Cambrésis (norte da França, na fronteira com a Bélgica) em 1 869 e faleceu na cidade de Nice em 1 954.

Matisse era formado em Direito, só vindo a se dedicar à pintura durante um período de convalescença. Tinha 20 anos quando a arte entrou definitivamente em sua vida.

Os primeiros anos de casamento de Matisse foram duros. Para complementar o orçamento familiar, sua esposa Amélie Parayre chegou a confeccionar chapéus. Matisse, por sua vez, trabalhou como assistente de cenógrafo.

Uma das primeiras pessoas a incentivar e investir na arte de Matisse foi a escritora Gertrude Stein. Amiga de diversos artistas, Stein foi uma das maiores agitadoras culturais da Europa do início do século XX.

Matisse costumava copiar quadros de Jean-Baptiste Chardin, um dos principais pintores do Barroco europeu.

A primeira exposição individual de Matisse ocorreu somente em 1 904, quando ele tinha 35 anos de idade.

Matisse conheceu Pablo Picasso, Paul Signac, Camille Pissarro, Auguste Rodin e Gustave Moreau, vindo a ingressa no ateliê deste último. Estudou também com o pintor neo-clássico William Bouguereau.

Além de pintor e escultor, Matisse foi um excelente ilustrador. Chegou a ilustrar uma edição de As Flores do Mal, de Charles Baudelaire, e de Ulisses, de James Joyce.

Fez figurinos e cenários para uma montagem teatral do clássico O Vermelho e o Negro, de Stendhal.

Matisse nunca parou de pintar, mesmo quando estava enfermo e de cama. Ele fixava lascas de carvão na extremidade de varas e rabiscava as paredes da suíte do hotel Régina, em Nice, onde ficou hospedado.

Matisse e Picasso possuíam admiradores fervorosos. Troca de acusações e ofensas entre os “picassistas” e “matissistas” não eram raras. Mas a verdade é que ambos nutriam admiração pelo outro. O próprio Matisse chegou a declarar que “ninguém nunca olhou tanto atentamente para meu trabalho quanto Picasso, nem tão atentamente ao trabalho dele como eu”.

Matisse rejeitava a “luminosidade” dos impressionistas. Gostava de trabalhar com cores fortes e tinha uma certa influência dos cubistas, embora nunca tenha se juntado a eles. Entre as suas principais influências estavam Manet, Gauguin, Van Gogh, Chardin, Moreau, Signac e Rodin.

Fontes: Wikipédia, Grandes Mestres da Pintura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *